Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

"A JANGADA DA MEDUSA" DE THÉODORE GÉRICAUT - A ARTE TRADUZINDO UMA TRAJÉDIA

"A Jangada da Medusa" de Théodore Géricault
A Jangada da Medusa (em francês: Le Radeau de la Méduse) é uma pintura a óleo de 1818–1819 da autoria de Théodore Géricault, encontra-se exposta no Museu do Louvre em Paris.
A fragata real "Medusa" deixou Rochefort na França, a 17 de Junho de 1816, em direcção a Saint-Louis, no Senegal. Apontada como uma das mais modernas embarcações da época, a sua missão era tomar posse da colónia do Senegal, que havia passado para a tutela francesa.  A bordo seguia o novo governador do Senegal, com a sua família, soldados e a equipa da marinha. Um total de 400 pessoas, seguramente mais do que as condições do barco permitiam. Ao comando da "Medusa" estava Hugues du Roy de Chaumareys, um capitão que durante 25 anos esteve longe das águas por imposição de Napoleão. Mas com o regresso ao trono dos Bourbons, foi compensado com este comando.  A arrogância deste capitão e as consequentes discussões com os oficiais motivaram a 2 de Julho…